Histórico

Nos fins do século XVII, haviam passado pelo local Oliveira Ledo e Arruda Câmara, os quais teriam deixado na área onde hoje figura o município, vestígios de uma povoação.
O atual município de Paulista tem sua história iniciada em 1851, quando o rico proprietário local, capitão-mor José Félix Machado, doou o terreno para o seu patrimônio. Foi logo construída uma capela, que ficou pronta no mesmo ano e oferecida a São José.
A povoação foi se formando na década de 1930, período da construção dos açudes de Curema (Coremas) e Boqueirão (Cajazeiras), que deram perenização ao rio Piranhas que corta o município de sul a norte. O aglomerado tomou impulso, desenvolvendo-se rapidamente com a exploração das lavouras e criação de gado.
Acredita-se que o nome do município tenha sido dado em homenagem a um paulista, Domingos Jorge Velho, que esteve na região deixando sua marca e os primeiros vestígios de uma povoação.

Gentílico: paulistense ou paulistano.

Formação Administrativa 
Em divisões territoriais datadas de 31-12-1936 e 31-12-1937, figura no município Pombal o distrito de Paulista.
Pelo decreto-lei estadual nº 520, de 31-12-1943, o distrito de Paulista passou a denominar-se Piranha.
No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o distrito de Piranha ex-Paulista, figura no município de Pombal.
Pela lei estadual nº 318, de 07-01-1949, o distrito de Piranha voltou a denominar-se Paulista.
Em divisão territorial datada de 01-07-1950, o distrito Piranha, figura no município de Pombal.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 01-07-1960. 
Elevado à categoria de município com a denominação de Paulista, pela lei estadual nº 2666, de 22-12-1961, desmembrado de Pombal. Sede no antigo distrito de Paulista. Constituído do distrito sede. Instalado em 31-12-1961. 
Em divisão territorial datada de 31-12-1963, o município é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 18-08-1988.
Pela lei estadual nº 4108, de 21-11-1979, é criado o distrito de Mimoso e anexado ao município de Paulista. 
Em divisão territorial datada de 18-08-1988, o município é constituído de 2 distritos: Paulista e Mimoso.
Pela lei municipal nº 91, de 08-07-1991, é criado o distrito de Ipueiras e anexado ao município de Paulista.
Em divisão territorial datada de 2003, o município é constituído de 3 distritos: Paulista, Ipueiras e Mimoso.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Alterações toponímicas distritais

Paulista para Piranha alterado, pelo decreto-lei estadual nº 520, de 31-12-1943. Piranha para Paulista alterado, pela lei estadual nº 318, de 07-01-1949.

Fonte :IBGE